Our Recent Posts

Archive

Tags

Nenhum tag.

Os processos de fabricação de um material compósito.

O s processos de fabricação de um material compósito levam em conta os pontos benéficos da junção da fase reforço com a fase matriz, gerando uma série de propriedades superiores aos materiais metálicos ferrosos e não ferrosos, como baixa densidade, produção de formas complexas, resistência a corrosão e bons módulos mecânicos.

O princípio de manufatura de uma peça inicia-se quando a fase de matriz impregna por entre os filamentos da fase de reforço, nesse caso com a junção das duas fases em um molde, por consequência gera o material compósito.

Essa característica difere totalmente de materiais convencionais de engenharia, porque no próprio processo de moldagem também é feita a fabricação do compósito, com resultado direto dos processos, geralmente gera poucas operações de acabamento na peça laminada.

Os variados modos de manufatura de peças em compósitos podem ser separados em duas distintas classes, sendo em moldes abertos (onde somente uma das superfícies tem acabamento perfeito); ou em moldes fechados do tipo macho e fêmea (que apresentam perfeito acabamento em ambas as superfícies de contato).

Para ambos os modos deve-se utilizar um agente desmoldante.

Quadro 2 - Panorama geral dos principais processos de fabricação.

Assim a escolha do processo de fabricação é uma etapa relevante pois afetara diretamente ao desempenho dá peça laminada, sendo necessária experiência pratica para obtenção de bons resultados em processos que demandam mão de obra manual.

Além disso um processo executado corretamente evitará desperdício de matéria prima.

#fibradecarbono #compósito #engenhariamecanica #processos

©2018 by GAS Engenharia. Proudly created with Wix.com