Our Recent Posts

Archive

Tags

Nenhum tag.

Prototipagem rápida: Impressão por fusão e deposição - Parte 2

O conceito básico de uma impressora 3D surgiu no final de década de 80, como uma extensão dos métodos de RP (Rapid Prototyping), que consiste em adicionar material em camadas planas ordenadas pelas coordenadas cartesianas sendo gerenciadas por um sistema CAD.

O método RP é uma forma de acelerar consideradamente o processo de criação de modelos realísticos, mas com o avanço da tecnologia os desenvolvedores do RP também perceberam que que o uso da AM (Addictive manufacture) pode gerar produtos modelos superiores ao processo de prototipagem rápida.

O processo de fusão e deposição (FDM, Fused Deposition Modeling) é uma nomenclatura alternativa a AM, pois seus princípios e métodos são os mesmos, que consistem na criação de modelos por deposição de material extrudado.

Figura 4 - Principio do processo FDM e AM

O processo funciona da seguinte forma: ao passar o filamento em forma de fio pelo o bico extrusor aquecido quem se movimenta e X e Y, o material extrudado apresenta uma forma semilíquida que vai sendo depositado por camada sobre toda extensão mesa aquecida que tem movimentação no eixo Z.

Com a movimentação do bico extrusor nos dos eixos XYZ ocorre a deposição de cada camada de material extrudado, com a deposição em alta temperatura o material se funde em contato com cada camada anteriormente depositada, assim o modelo físico tridimensional é criado.


©2018 by GAS Engenharia. Proudly created with Wix.com